Por que se deve vermifugar os animais de estimação?


08/12/20 -

Por que se deve vermifugar os animais de estimação?

A vermifugação em cães e gatos protege de várias doenças que são causadas pelos vermes. E é importante por toda a vida do animal, não apenas quando ele é filhote, como muitos pensam.

Normalmente o intervalo indicado para a vermifugação é de 6 em 6 meses, ou conforme a orientação do fabricante ou veterinário.
Além de garantir a saúde do animal, o uso regular do vermífugo evita a proliferação tanto para outros pets quanto para os humanos que convivem com ele.
O principal objetivo de um vermífugo é acabar com os helmintos, como também são conhecidos os vermes, que possam estar no organismo do animal.
Os vermífugos previnem até 6 tipos de vermes que se instalam no pet, alimentando dos nutrientes de seu hospedeiros:
ANCILOSTOMAS
Anciolostoma é um verme não tão grande como as “lombrigas”, mas tem a capacidade de causar uma irritação severa do intestino.
DIPYLIDIUM CANINUM
Tem como hospedeiros intermediários a pulga e piolhos que são os responsáveis pela alta insfestação dos animais domésticos.
TOXOCARA CANIS
Este é uma espécie de nematódeo do gênero Toxocara comumente encontrado parasitando cães e outros canídeos. Essa patologia afeta órgãos. Os sintomas característicos são o cansaço excessivo, a perda de peso e anemia.
LOMBRIGAS
Estes vermes longos parasitas vivem no intestino do hospedeiro privando-o de nutrientes importantes.
TÊNIAS
Estes parasitas podem ser muito compridos, podendo atingir metros e causar obstrução itestinal.
DIROFILARIOSE ou verme do coração
A Dirofilariose é um parasita transmitido pela picada de mosquito. Estes parasitas podem alojar-se no coração do hospedeiro, circulando as larvas na corrente sanguínea. Podendo ser fatal para o cão e gato.
É comum que alguns donos não consigam detectar a presença de vermes nos animaizinhos de imediato. Isso acontece porque a maioria dos sintomas de verme em gato ou em cachorro são confundidos com outras condições clínicas.
Veja abaixo os principais indícios de um pet acometido por esses parasitas:
Sintomas do cachorro com verme
• Apatia;
• Pelos sem brilho;
• Vômito;
• Diarreia;
• Irritação na pele do animal;
• Barriga inchada;
• Fraqueza;
• Fezes com uma coloração ou consistência fora do normal;
• Tosse;
• Perda de apetite e de peso;
• Coceira no bumbum;
• Dor abdominal;
• Presença de vermes nas fezes;
• Atraso no crescimento, sintoma que aparece apenas nos animais filhotes.
Sintomas do gato com verme
• Presença de ovos do parasita na caixa de areia;
• Mudanças no apetite;
• Vômitos;
• Fezes com coloração escura;
• Diminuição do peso;
• Abdômen inchado;
• Gengivas esbranquiçadas;
• Comportamento sonolento e sem energia;
• Diarreia;
• Pelagem seca e quebradiça.
Lembramos que o dono do pet precisa ficar atento à dosagem e tipo de vermífugo, uma vez que ela varia de acordo com o peso e a rotina de cada animal.
Existem no mercado vários tipos de vermífugo, oral, palatável e em pipeta.

Participe de nossa Pesquisa de Satisfação


Contato

Venha nos Conhecer nossa Loja
Pedro Alvares Cabral, 50 sl02
Ivoti | RS
51 3191.1560
51 98061.4804
multiagroivoti@multiagroivoti.com.br

HORÁRIO DE ATEDIMENTO
Segunda à Sexta: 8h às 12h - 13h30 às 19h
Sábados: 8h às 12h - 13h30 às 18h

ENVIE SUA MENSAGEM